Diabetes Tipo 1: Entrevista com a Dra. Márcia Scolfaro

Especial Diabetes: como saber se sou diabético?
14 de novembro de 2016
Diabetes Tipo 2 e suas complicações: Entrevista com o Dr. Arnaldo Moura Neto
16 de novembro de 2016
Dando sequência ao nosso especial sobre Diabetes Mellitus, hoje vamos conversar sobre o Diabetes Tipo 1.  


O Diabetes Mellitus Tipo 1 (DM1) é um tipo de diabetes onde ocorre uma espécie de “inflamação” no pâncreas e, de uma hora para outra, ele para de produzir insulina.


Com isso, temos uma instalação aguda da doença, com a presença dos sintomas cardinais do diabetes.  Em geral, este tipo de diabetes é mais comum em crianças e adolescentes.



E para falar um pouco sobre este “tipo” de Diabetes, convidei a Dra. Márcia Scolfaro, Chefe da Disciplina de Endocrinologia da Faculdade de Medicina São Leopoldo Mandic e Médica Endocrinologista do Hospital Municipal Dr. Mário Gatti em Campinas (SP).

1) Dra. Márcia, o DM1 acontece apenas em crianças e adolescentes?

Dra. Márcia ScolfaroO DM tipo 1 predomina em crianças e adolescêntes, mas pode aparecer na vida adulta.
2) Quais são os principais sintomas que um paciente que começa a desenvolver o DM1 pode apresentar?

Dra. Márcia Scolfaro: A criança em geral começa a urinar muito, fica irritada, perde peso (apesar de muita fome), se queixa de fraqueza e dores nas pernas.
3) E no caso dos bebês, que usam fraldas… Eles não vão ter essas queixas não é? Como poderíamos desconfiar de diabetes? 

Dra. Márcia ScolfaroNos bebês a mãe nota que começa a trocar a fralda mais vezes que o normal e isso acompanha-se de irritabilidade, fome e perda de peso. Tudo se manifesta abruptamente, em geral o quadro se instala em 1 semana.
4) O que fazer quando a pessoa sente esses sintomas?

Dra. Márcia Scolfaro: Na presença destes sintomas os pais devem procurar o médico rapidamente, se houver dificuldade para falar com  pediatra da criança devem procurar o pronto socorro onde com um simples exame de sangue, confirma o diagnóstico e inicia o tratamento, salvando a vida da criança.
5) O adulto com diabetes tipo 2 também pode ter esses sintomas? 

Dra. Márcia Scolfaro: Sim, algumas vezes o Diabetes tipo 2 apresenta estes sintomas, que significa uma carência maior ou total de insulina, como no diabetes tipo 1. 

Estas situações no diabetes tipo 2 são de maior gravidade e devem ser tratadas imediatamente por ter risco de vida. Sendo assim, se o diabético tipo 2 observar este sintomas ele deve procurar seu médico.
6) Dra. Márcia, muito obrigada pela entrevista! Para finalizar, gostaria de deixar algum recado para os leitores do blog?

Dra. Márcia Scolfaro: No dia 14 de novembro é comemorado o Dia Mundial do Diabetes, muitas ações no mundo são realizadas como alerta da população para diagnóstico precoce e tratamento desta doença. 

Em Campinas, este ano teremos 2 ações: uma aconteceu no dia 7/11, no Hospital Municipal Dr Mario Gatti, durante o dia todo.

A próxima ocorrerá no dia 20/11 na lagoa do Taquaral, no período da manhã. Em ambos, são realizados medidas de glicemia capilar, peso altura, índice de massa corporal e bioimpedância, orientações com educadores em diabetes e nutricionistas.

Convido a todos para participar e divulgar esta iniciativa!

Também quero agradecer a Dra Juliana pela oportunidade de contribuir para a orientação e cuidado dos diabéticos, por ser uma doença muito comum em nossa sociedade e que se não tratada pode levar a muitas complicações.
Eu que agradeço seu carinho e sua disponibilidade, Dra. Márcia!

Espero que tenham gostado da Entrevista e amanhã tem mais!

Um forte abraço a todos!

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    Eu que sou filha de diabética procuro sempre me cuidar para não sofrer dessa doença silenciosa mas com complicações sérias. Cuidar sempre! Bjs M

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *