Dica rápida: tempere sua salada com Gergelim e Semente de girassol!

Sobre valores de referência laboratoriais: evidências científicas e considerações livres…
12 de setembro de 2016
Resumo do CBEM 2016 (Congresso Brasileiro de Endocrinologia e Metabologia)
26 de setembro de 2016

O post de hoje é uma dica rápida de um tempero de salada saboroso, nutritivo e que aumenta a saciedade: gergelim e semente de girassol torrados!

O gergelim é uma das principais fontes não-lácteas de cálcio (contem 975 mg de cálcio por 100g), é rico em gorduras “boas” (contém 50g de gorduras por 100g, sendo a maior parte – 22g – de gorduras poliinsaturadas), o que contribui para a sensação de saciedade; além de baixíssimo índice de carboidratos, alto conteúdo de fibras (18g/100g) e proteínas (18g/100g).

A semente de girassol també é rica em gorduras boas (51g/100g sendo 23g/100g de gorduras poliinsaturadas), tem alto conteúdo proteico (21g/100g) e contém fibras (9g/100).  Também é rica em potássio (645mg/100g) e Magnésio (325mg/100g).



Recomenda-se o consumo de cerca de 30g por dia dessas sementes, divididas nas diferentes refeições.


Eu costumo usar como tempero para salada, da seguinte forma:




Para fazer, é muito fácil:


– Compre 100g de gergelim cru e 100g de semente de girassol crua.
– Coloque tudo num tabuleiro de teflon e tempere a gosto (eu uso 1 colher de café de sal light e cúrcuma + pimenta do reino). Misture bem.
– Deixe assar a cerca de 200ºC por 15-20 minutos (até dourar).
– Está pronto!
– Deixe esfriar e já pode usar sobre a salada.
– Não precisa refrigeração.  Eu costumo guardar em um recipiente de plástico vedado, no armário dos temperos.
– Dura em média 1 mês (a durabilidade pode variar de acordo com o clima).





Variações: pode ser feito somente com sal ou mesmo sem tempero nenhum, pois o sabor destas sementes já é bem marcante.

Saladinha básica temperada com gergelim torrado com cúrcuma


Particularmente, eu sempre prefiro adicionar a dobradinha cúrcuma + pimenta do reino pelas propriedades antioxidantes (saiba mais aqui).  E também prefiro colocar o sal pois deixa um sabor salgadinho nas sementes e o “grosso” do sal vai pro fundo do tabuleiro e depois é descartado – assim, quando eu tempero a salada, não preciso por sal! Apenas um fio de azeite e já fica uma delícia!

Espero que tenham gostado da dica!

Um forte abraço a todos e uma ótima semana!

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    Adoro gergelim mas nunca usei cúrcuma. Vou experimentar para incrementar saladas. Delícia! Bjs M

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *