Hormônios & Pele: Entrevista com a Dra. Fany Chen, Dermatologista

Receita de família: Tabule
7 de janeiro de 2017
Vitamina é bom, mas em excesso… (Tudo sobre as Hipervitaminoses)
16 de janeiro de 2017
Em homenagem ao verão, conversei com a Dra. Fany Chen, Médica Dermatologista, sobre a interação entre os hormônios e a pele. Espero que gostem!



O verão está aí a todo vapor e é nesta época do ano que o maior órgão do corpo humano fica em evidência.  A pele é a primeira barreira de proteção do nosso corpo; é responsável pela manutenção da temperatura corporal (resfriando o corpo através do suor, quando o clima está quente), pela produção de Vitamina D e, justamente por ser o órgão visível a olho nu, também é capaz de nos dizer como anda nosso corpo por dentro.

Alterações de pele podem ocorrer em diversas doenças sistêmicas (do corpo), como acontece com a acne em algumas disfunções hormonais; a acantosis nigricans (manchas escuras que ocorrem principalmente no pescoço) no caso de pacientes com Diabetes Mellitus, o espessamento (engrossamento) da pele em reações alérgicas, certos tipos de manchas em doenças autoimunes, descamações em certas carências vitamínicas, coceira em certos tipos de infecção e parasitose, etc. 

Sim, a pele é capaz de nos dizer muito sobre a nossa saúde e devemos não apenas cuidar bem dela, mas ficar de olho nas “mensagens”  que ela nos passa!

Por isso, decidi começar o ano com este post falando sobre a interação entre os hormônios e a pele, pois muitas vezes, os primeiros sinais de mudanças hormonais podem estar bem ali diante de nossos olhos. 

E convidei uma amiga muito querida e médica excelente, a Dra. Fany Chen (CRM-RJ: 52-78367-6), para responder algumas perguntas. A Dra. Fany foi minha colega de turma na faculdade e além de ser especialista em Dermatologia e também em Medicina Estética, é extremamente honesta e realista no que se refere ao “glamour” e “apelo” da indústria dos cosméticos.

Ela respondeu às minhas perguntas de forma bem simples e direta, do jeito que a gente gosta!

Lá vai!!!!
1) Olá Dra. Fany! É um prazer tê-la aqui no Blog! Queria começar a entrevista com uma das principais preocupações dos jovens, principalmente na época da puberdade: o surgimento de acne.  Sabemos que a acne tem grande influência da variação de hormônios própria desta fase. A alimentação também influencia na saúde da pele?

Dra. Fany: Esta é uma pergunta bastante polêmica.  Antigamente achava-se que alimentos gordurosos como chocolate, amendoim… tinham relação direta com o aumento da acne. Hoje em dia, essa questão é muito controversa, pois existem vários estudos científicos que desmitificam essa informação. No entanto, observamos pacientes que relatam piora da acne com a ingestão de certos alimentos. Sendo assim, costumo orientar que o próprio paciente sinta e conheça seu próprio organismo. 
2) Passada a puberdade, alterações hormonais ao longo da vida também podem influenciar no surgimento de acne no adulto?

Dra. FanySim, existe por exemplo a Acne da Mulher Adulta e a SOP (Síndrome dos Ovários Policísticos), que são causas de presença da acne na vida adulta. Outras situações menos comuns são outras doenças endócrinas (como a síndrome de cushing).  Por isso muitas vezes o tratamento da pele deve ser feito em conjunto com o Endocrinologista, que irá ajudar a diagnosticar e tratar a doença de base.
3) A saúde da pele depende de vários fatores, não só as disfunções hormonais.  A alimentação é um fator também bastante importante. Sabemos que carências nutricionais (deficiência de vitaminas, carência de proteínas etc) podem se manifestar com doenças de pele. Intolerâncias ou “alergias” alimentares também podem aparecer na pele?

Dra. FanySim. Manifestações de urticárias agudas ou crônicas são geralmente as manifestações cutâneas de alergia alimentar. As vezes fica difícil conseguir identificar o alimento que causa alergia somente pela história, já que eles podem se manifestar dias depois da ingestão.  Por isso também é importante que o paciente ajude no diagnóstico, conhecendo seu corpo e se percebendo.
4) Além dos alimentos, o ganho excessivo de peso, principalmente associado ao aumento da insulina, pode levar ao surgimento de manchas escuras na pele (chamadas de “acantosis nigricans”).  Existe algum tratamento para melhorar essas manchas? Elas são reversíveis com o emagrecimento ou a normalização da insulina?

Dra. FanyNão existem tratamentos dermatológicos com cremes ou peelings para clarear a pele. O tratamento consiste na normalização dos níveis de insulina e emagrecimento. Nos casos crônicos, essa mancha pode ser irreversível, devido a modificação histológica na pele, que resulta nesta coloração.
5) O ganho de peso também está relacionado com a acne?

Dra. FanyO ganho de peso pode estar associado a alterações hormonais, que por sua vez resultar no aumento da produção da acne.
6) É verdade que o uso de suplementos alimentares pode causar ou piorar a acne?

Dra. Fany Suplementos alimentares geralmente não causam a piora da acne. Caso haja algum grau de corticoide na composição, podemos observar erupções acneiformes causada pelo uso de esteroides.
7) O consumo de colágeno como suplemento é capaz de prevenir o surgimento de rugas e do envelhecimento da pele?

Dra. FanyO colágeno puro (de cadeia longa) encontrado em lojas de suplementos alimentares não consegue ser absorvido pelo organismo. Observamos boa resposta no caso do peptídeo de colágeno, na prevenção e tratamento de envelhecimento cutâneo.
8) Uma reeducação alimentar e vida saudável podem deixar a pele mais jovem e bonita?

Dra. FanySem dúvida! Bons hábitos como atividade física regular, dieta balanceada com boa hidratação e sono regular ajudam a manter uma pele saudável. O cigarro, junto com o sol, é um dos maiores causadores de envelhecimento cutâneo.
9) Por último, deixe uma dica para os leitores do blog: tem alguma receita que seria um “trunfo” para a pele?

Dra. Fany:  Gosto do “Fascia” ( peptídeo de colágeno + vitamina E, C e Biotina ) 1 sache por dia, de jejum. Beber no mínimo 2L de água /dia e passar protetor solar FPS 30 2/2hs (com boa proteção contra os raios UVA).
Dra. Fany, muito obrigada pela sua participação! Espero que você apareça por aqui no blog mais vezes!!!
Sigam a Dra. Fany no instagram: @dra.fanychen
Sigam a página da Dra. Fany no facebook: Naderme Medicina Estética

Espero que tenham gostado da entrevista!
Um forte abraço a todos e feliz ano novo (de pele linda e saudável)!!!!

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    Ótimas dicas para nossa pele. Adorei e vou seguir todas. Bjs M

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *