Validade de alimentos secos / não perecíveis

Alimentos orgânicos
29 de fevereiro de 2016
ENTREVISTA: Dra. Juliana Roversi, ortodontista – “Odontologia e Saúde”
10 de março de 2016

A dica de hoje é rápida e entra no tema da organização.

Muitas pessoas tem o hábito de tirar o alimento da embalagem original e organizá-los em recipientes de plástico ou vidro, para melhor organização da despensa.

Realmente, este hábito torna mais fácil a visualização de tudo o que se tem e também a limpeza do local; evita que se compre alimentos sem necessidade e, quando os recipientes menores são colocados em cestas maiores, agrupados por grupos (por exemplo: uma cesta só com farinhas, arroz e café; uma cesta com temperos e chás, etc), isto facilita também na hora de pegar os alimentos que estão no fundo.

Por outro lado, ao descartar a embalagem original, geralmente descarta-se também a data de validade dos produtos. No caso dos alimentos não perecíveis, como farinhas, arroz, café, granola, etc., acaba sendo um pouco mais fácil pois o uso é mais frequente e a chance deste alimento vencer é menor.  

No entanto, quando se trata de temperos, chás ou outros alimentos com o uso menos frequente, este hábito pode fazer com que o alimento perca a validade, trazendo riscos à saúde. Então, o ideal é anotar no recipiente a data de validade ou, no caso de alimentos comprados a granel, a data de compra.

Esta tabela dá uma idéia da validade dos principais produtos não perecíveis para que você possa organizar a sua despensa!  Assim, além de evitar o consumo de alimentos vencidos, possibilita a compra desses alimentos à granel e com isso uma economia boa no fim do mês!


Espero que gostem e aproveitem a dica!

Uma ótima semana a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *