1 Comment

  1. Marilena
    29/05/2017 @ 21:41

    Gostei muito do post. Graças a Semana da Tireóide pudemos conhecer e aprofundar os conhecimentos sobre as doenças ligadas a essa glândula. E ficou fácil o entendimento para leigos como eu. Parabéns pelo texto! Bjs M

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *